MARLON DEFINE ELIMINAÇÃO DO CAMPO GRANDE EM UMA PALAVRA: "TRISTEZA"

Equipe teve a vaga na mão até os 30 minutos do segundo tempo.

O Campo Grande entrou na Série C Estadual como um dos favoritos à conquista pelo acesso à divisão superior, mas acabou derrotado na semifinal pelo Itaboraí Profute. Com a decepção deste domingo (30), resta agora esperar até 2019 para tentar novamente. O meia Marlon destacou a luta dos atletas do Alvinegro, afirmando que não faltou empenho.

- A palavra hoje é tristeza. Nos dedicamos muito, lutamos muito. Só a gente sabe o que a gente fez para estar aqui hoje. Mas tudo que acontece é da permissão de Deus. Não faltou entrega, não faltou determinação, mas a gente não estava jogando sozinho. Do outro lado tinha um grupo forte também e venceu o melhor. Hoje a vitória foi deles e Deus achou quem deveria vencer hoje.

Mesmo sem poder contar com o apoio da torcida nos jogos em casa - o Ítalo Del Cima só recebeu partidas com portões fechados -, Marlon viu um lado positivo, já que os atletas conseguiram vencer muitas barreiras durante a trajetória construída na Quartona.

- Tivemos muita luta, muita garra. Jogando em casa sem o apoio da torcida, mas a gente venceu muitos obstáculos, muita barreira. Tudo aquilo que era contra, a gente conseguiu avançar. Mas, infelizmente hoje, foi da vontade de Deus que o Profute passasse. A gente vai continuar lutando, porque ano que vem tem mais guerra pela frente.

Sem mais compromissos em 2018, o Campo Grande volta as atenções para o próximo ano, quando tentará novamente superar a Série C do Rio de Janeiro.

Faça parte desse time

Se escreva na nossa escolinha de futebol do Campo Grande A.C.